A importância de ter um mantra para chamar de SEU

10/08/2012

Como você define um mantra?

Antes de reunir toda a sua equipe e imitar a imagem acima, entenda a importância dessa palavra para sua empresa, sua carreira, sua vida. Mantra é um termo sânscrito que combinando Man (pensar) e Tra (instrumento), ou seja através de sílabas ou palavras faladas repetidas vezes se tornam um “instrumento” de transformação, ou de poder específico.

No caso dos negócios,como bem apresentou a matéria da Fast Company que inspirou este post,  isso vai além do slogan de marketing, da missão da empresa. O Mantra de uma empresa é seu lema, aquilo que inspira e transforma seus colaboradores e consumidores. São frases com 2 a 4 palavras que ficam gravadas na mente, e apresentadas repetidas vezes, geram ações que levem aos slogans e missões da empresa. “Connecting people”, “Thinking different” , são 2 grandes exemplos de mantras que representa tudo que falamos até então.

Mas por que não utilizar este mesmo contexto, importância  também para a vida pessoal, profissional? Por que não criamos, além de metas de ano-novo, do semestre, de aniversário, de emprego novo, um mantra para cada etapa da sua vida?

Vimos e compartilhamos milhares de frases de inspiração nas redes sociais, há pessoas que lêem livros de auto-ajuda, de reflexão que caem no esquecimento. Ter um lema só seu, para cada etapa da sua vida e para cada propósito, que você defina e veja, leia, releia todos os dias podem ajudar a transformar. E que faça a diferença para você.

Pense nisso e aproveite o fim de semana para fazer Todos os Mantras possíveis para você e sua empresa.

Saiba mais

“Um problema bateu a minha porta e eu…ABRI”

03/08/2012

Sexta-feira é o dia oficial dos principais problemas de última hora, da semana, dos últimos minutos aparecerem e terem que ser resolvidos JÁ. Se você trabalha com comunicação então, ela só potencializa a máxima que todos os jobs são para ONTEM e que, obviamente, não podemos entrar o final de semana e a 2ª feira sem solucioná-los.

Pensando nisso e como uma forma de inspirar o seu dia e a partir dele modificar a forma de você encarar os “pepinos” da vida, resolvemos escrever este post. A partir de agora e principalmente no contexto de mercado que temos, os problemas são ÓTIMAS oportunidades de mostrar competências, criar novas soluções, fazer a diferença. É com esta mentalidade que clientes, recrutadores, parceiros, colegas, chefes buscam uns aos outros (na maioria dos casos): para saber quando, como e até que ponto eles podem contar com você.

(…) Qualquer que seja o seu objetivo, faça dos seus desafios, seus maiores aliados. Agindo assim…

Se você for um profissional liberal, vai se tornar o mais requisitado do mercado.

Se for funcionário de uma empresa, vai ter seu valor e reconhecimento multiplicados.

Se for uma empresa, verá seus lucros crescerem em uma velocidade inacreditável.” Roberto Shinyashiki

Este é um trecho do livro chamado “Problemas? Oba! A revolução para você vencer no mundo dos negócios” do referido escritor, que achamos bem interessante e inspirador.

O seu prefácio foi feito pelo publicitário e presidente da DM9DDB – Sérgio Valente, que através de uma analogia bem interessante resume a relação entre Problemas X Solução X Covardia X Insegurança X Crescimento X Futuro, que reproduzimos aqui para inspirar você:

“Era uma vez, há muitos e muito anos, um reino beeeem distante (talvez não tão distante quanto você imagine) disputado por duas famílias. Duas famílias que dividiam os poderes do reino do Crescimento. Duas famílias que, na verdade, não se gostavam muito, mas se completavam muito bem. Mesmo porque os filhos, ah os filhos !, se amavam loucamente.

O príncipe Problema era um pouco mais velho. Tinha nascido antes. Mas a princesa Solução era linda, era tudo com que Problema sonhava. Aonde Problema ia, desde pequenininho, Solução acompanhava, meio escondida, principalmente quando Problema ainda era pequeno.

Solução tinha esse dom meio mágico, conseguia se esconder, mas, quando era descoberta, ah!, ela se revelava realmente linda. E Problema, vendo a beleza radiante de Solução, quase que se escondia atrás dela.

Eram completos juntos. Quanto mais crescia, mais Problema conquistava novos reinos e admiradores, tendo ao seu lado a radiante Solução, que sempre o acompanhava nas contendas que enfrentavam.

Cresceram em idade e em amor. Já não havia um sem o outro. E o reino do Crescimento tomou um tamanho nunca visto antes, pois, com os príncipes apaixonados Problema e Solução, tudo era resultado.

Mas um dia ( já percebeu que toda historia tem um “mas um dia”?) o reino foi invadido pela esquadra das irmãs Insegurança e Covardia (um braço da família que havia sumido por um tempo, mas estava lá, planejando a sua volta e a sua vingança contra o reino do Crescimento).

Veja que tristeza, pouco antes do casamento dos príncipes, Solução foi sequestrada.

Ninguém viu. Ninguém soube. Ninguém ajudou. E o reino feneceu.

Problema ficou ranzinza. Ninguém suportava conversar com ele. Problema, sem Solução, era insuportável, todos no reino já quase esqueciam como aquele garboso e vigoroso príncipe Problema era generoso quando acompanhado da princesa Solução. Mas ele estava só e, quanto mais só ficava, mais só era deixado e mais ranzinza se tornava.

Durante muito, muito tempo, todos no reino passaram ate a ter medo do príncipe Problema. Quando ele surgia, todos fugiam. E, quanto mais só ficava, mais só era deixado e mais ranzinza se tornava.

Do outro lado do mundo, a princesa Solução, depois de muito tempo, conseguiu burlar as irmãs Insegurança e Covardia e fugiu do cativeiro, mas foi amaldiçoada pelas irmãs com uma magia muito má.

Coitada, ficou errante. Solução, em busca de um Problema, não resolvia nada, não fazia ninguém feliz. Solução iludida pela magia das irmãs, ainda via Problema aonde não existia nada, somente para completar-se.

Veja, que tristeza: Solução estava tão perto, mas escondida (lembra que ela sempre teve uma capacidade enorme de se fazer desaparecer até o último momento em que, nesse caso, nunca chegava ?). Problema tão perto, mas sozinho, reclamando, na torre de seu castelo, onde ninguém tinha coragem de chegar perto.

Um tormento. Dois tormentos. Problema, sem ter a sua solução. Solução, tentando descobrir o seu problema. E o reino fenecendo (adoro essa palavra, acho tão “era uma vez” – mas segue a historia).

Até que um dia, escreveram um livro. Um livro mágico. Um livro tão poderoso, escrito por um mago da região que iluminava tudo. E, quanto mais lido, mais poderoso se tornava. E todos no reino começaram a ver.

Problema na verdade era mal compreendido. Ele era aquele mesmo ser adorado que ajudava a todos e tinha feito o reino crescer tanto. Um a um, todos no reino começaram a visitá-lo.

No início foi difícil mesmo, mas, quanto mais pessoas encaravam Problema, mais se encantavam com as possibilidades que havia perto dele.

Graças a esse livro mágico, Problema passou a ser tão amado, tão amado, que seu coração começou a irradiar um luz tão forte, mas tão forte, que destruiu a magia das irmãs malévolas, e Solução, deixando-se guiar pela luz de Problema, revelou-se em todo o seu esplendor na porta do castelo. Problema levantou de onde estava. Solução irrompeu sala adentro. E …

Ah a felicidade do encontro! Quando Problema e Solução se encontraram, amaram-se loucamente, trazendo felicidade para todo o reino.

Pouco tempo depois tiveram um filho: Futuro. E Futuro tornou-se o reino mais justo, sábio e poderoso de toda a história. E fez todo o reino crescer com ele. Pois guardava todo o poder do pai, Problema, e toda a ternura da mãe, Solução.”

Que esta analogia ajude a fazer o dia de hoje e seus próximos dias, passos, desafios, um novo jeito de serem encarados, solucionados e vividos.

Saiba mais

A hora e a vez do marketing esportivo brasileiro

16/02/2011

Com a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas do Rio de Janeiro em 2016 batendo na porta, todo o mercado de comunicação, de marketing e entretenimento tem se voltado cada vez mais para planos e estratégias completas, arrojadas e focados para esta área. Muito mais que apenas patrocinar estes eventos, seus jogadores, os clubes, as empresas estão criando novas demandas e novos mercados para poder pegar fatias significativas do mundo do esporte.

Vejam, por exemplo, como o  portal Terra no Brasil, na conversa com seu diretor Paulo Castro está se preparando para este novo contexto:

Para entender melhor isso, peguemos os últimos acontecimentos s dentro deste mercado, como o noticiado pelo  jornal Advertising Age em dezembro passado : Por que tantas agências estão pegando a estrada em direção à São Paulo? onde aponta os dois principais eventos esportivos mundiais como um dos causadores.

Nesta matéria temos o caso de uma agência de San Francisco, que irá lançar uma nova unidade de negócios voltada para atuar como uma consultoria para marcas norte-americanas interessadas em investir no Brasil. E outro caso de uma personalidade que já mostrou que não vai deixar estes eventos passarem em branco, atende pelo nome de Ronaldo Nazário de Lima.

Em 2010, ele anunciou a parceria com a gigante da comunicação WPP (que possui grandes agências no seu grupo como a Ogilvy, JWT, Y&R) que resultou na 9ine – empresa de consultoria em markerting esportivo e entretenimento.  Uma das suas primeiras grandes ações já em 2011 foi a contratação do lutador campeão de peso médio do UFC, Anderson Silva.

Para não dizer que o foco é apenas no futebol, esta semana foi divulgado o Bradesco como novo patrocinador do Rugby brasileiro, onde, junto com a Topper e também de olho em 2016, pretende dar mais visibilidade a este esporte.

Aos poucos, tomamos conhecimento de alguns desses projetos arrojados e agressivos e percebemos que tanto o internamente como globalmente, estes eventos esportivos será apenas o começo de um novo contexto e de um novo mercado.

Saiba mais

Trabalho no exterior: Ampliando horizontes profissionais

20/04/2010

Olá pessoal.

Para muitos a ida por temporada ao exterior pode ser algo muito além de cursos, faculdades, diversão, conhecimento de novas culturas, lugares e afins…Pode ser a guinada para uma nova vida, literalmente. Por isso não é raro ver casos de milhares de brasileiros na busca por um novo horizonte profissional e internacional. Pensando nisso, a revista Você S.A apresenta ( e nós disponibilizaremos aqui também) uma lista de lugares que estão em busca de profissionais e que pode sim, está a grande chance para muitos (inclusive você) iniciar esta mudança profissional. vale a pena dar aquela olhada e analisar com carinho tudo que tem sido oferecido nos quatro cantos do planeta:

vagas exterior 2010

Para saber mais, clique na imagem ou busque pelos sites das empresas.

Boa sorte

Abraços e afagos

Saiba mais

Paralisia cerebral cria oportunidades para estilistas

15/03/2010

Olá pessoal.

Já faz algum tempo que vemos exemplos, vemos em artigos, notícias, que um dos maiores diferenciais de empresas que cresceram rapidamente foi o fato de enxergar oportunidades em nichos de mercados pouco explorados. Baseando-se nisso, a equipe da Época Negócios fez uma matéria superbacana sobre um projeto da professora de moda Leny Pereira, do SENAI do Paraná que criou roupas especialmente para pessoas com deficiência.

Afinal quem disse que pessoas com dificuldades motoras, cerebrais e afins, não pode se vestir maravilhosamente bem, inclusive em datas especiais como aniversários e casamentos? Vemos no mercado muitos modelos deslumbrantes que não são nada práticos, que levam vários minutos para uma pessoal normal se vestir, quiçá para pessoas que, por exemplo não conseguem se equilibrar para vestir-se sozinho.

vestio para pcd

Leny fez uma coleção inteira voltado para este público, intitulado “Roupas para PcD” que poderá ser conhecida no concurso Inova SENAI que aconteceu recentemente no Rio de Janeiro. Segundo a professora, grande parte das pessoas, em especial crianças e jovens deficientes utiliza roupas de tamanho maior, com algum tipo de adaptação caseira. “Geralmente a mãe tem que improvisar, fazendo aberturas laterais para vestir com mais facilidade”, conta Leny.

A idéia foi tão bem recebida que logo na inscrição do concurso, Leny recebeu patrocínio para suas pesquisas e tecidos para a confecção das peças.

Quem quiser saber maiores detalhes, ajudar, conhecer deste projeto, entrem em contato com a própria Leny pelo email: leny.pereira@pr.senai.br

Abraços e afagos

Saiba mais