Responda rápido:

Qual a primeira marca de margarina que lhe vem à sua cabeça?

Por acaso ela é a mesma que você usa atualmente?

Agora, pare e pense: por que algumas pessoas possuem margarinas com marcas diferentes daquelas que mencionaram na primeira pergunta? O que precisa para ser um marca reconhecida e utilizada – continuamente – pelas pessoas?

Parece uma pergunta simples, porém ela revela o sonho de qualquer marca: além de ser top of mind dos consumidores (a base da pergunta 1), ser também aquela que efetivamente é comprada por eles.  Se já é difícil estar na mente dos consumidores, imagina o esforço necessário para também ser a marca que eles compram continuamente?!

Continue lendo este artigo e verá:

  • Como ser uma marca reconhecida nos dias atuais
  • A importância da presença digital da sua marca
  • As 4 etapas para se tornar uma

Como ser uma marca reconhecida nos dias atuais

Antigamente, bastava ter um amigo criativo para criar um logo e alguns materiais de divulgação como panfletos, anúncios de tv, rádio e jornal, um site simples e rapidamente você tinha uma marca reconhecida no mercado (seja ele local, regional, nacional ou mundial). Os tempos, como se sabe, mudaram…

Os consumidores estão mais informados e mais exigentes, e hoje, surgem novas marcas, empresas todos os dias. Por mais que a maioria dos empresários tem o grande interesse de ter produtos consumidos constantemente, nem sempre é o que acontece.

Se antes a concorrência era regional e mais limitada (em números e tipos de concorrentes), hoje sua marca pode ser facilmente trocada por uma similar na China. E antes que ocorra um desanimo por sua parte nobre leitor, saiba que é possível ter uma marca reconhecida sem ter necessariamente grandes esforços em investimento, equipe e tempo.

Afinal quem não adoraria ter mais visibilidade, pessoas interessadas em ter o seu produto na região delas, clientes fieis e advogados da marca criando comunidades, impulsionando outras pessoas a comprarem continuamente e terem a mesma experiência que eles tem?

Seria incrível, não é?

Porém o que é simples pode não ser tão fácil. Uma marca reconhecida nos dias atuais exige mais foco  estratégico. É estar visível para o seu futuro consumidor, com uma presença (especialmente) digital consistente e diferenciada.

Mas exige principalmente estar no universo e contexto destas pessoas, no momento em que elas querem resolver aquilo que seu produto soluciona. E para isso, não é preciso ser vidente ou místico, e sim entender em detalhes quem é este consumidor e fazer a presença digital da sua marca algo relevante e consistente.

Assim chegamos a outro tópico deste artigo:

A importância da presença digital da sua marca

Mesmo que o seu negócio seja puramente offline, físico, ele também precisa do universo digital. Só para se ter uma idéia, atualmente cerca 87% das pesquisas sobre produtos e serviços, bem como boa parte do processo de decisão de compra, ocorre na Internet. E não estamos falando só de redes sociais, ou só do Google, mas do conjunto destes e outras ferramentas que são definidas ou intesificadas de acordo com a necessidade do público.

É muito comum termos empresas que assim que criam novos produtos criam perfis em todas dredes sociais, gastam ads (publicidade online) loucamente e acham que com isso conseguirão mais clientes e compradores. Lendo engano. As ferramentas, plataformas existem para serem meios de melhorar a divulgação da sua marca mas sem estratégia efetiva isso não se torna realidade.

O foco tem que ser na estratégia por trás do uso dessas ferramentas, em qual momento e que forma de abordagem sua marca se relacionará com este cliente. Sempre de acordo com o Ciclo de Compra deste cliente.

Uma boa presençá digital, com geração de conteúdo relevante para este cliente  e atendendo as suas necessidades dentro do Ciclo de Compra permite se destacar dos concorrentes e se tornar autoridade no seu segmento.

Se você quiser saber como anda sua presença digital, clique AQUI e descubra gratuitamente.

LEMBRE-SE: Para ter uma marca reconhecida é preciso proporcionar excelentes experiências ao seu cliente nos seus diferentes pontos de contato. Mesmo que temos visto alguma propaganda, alguma divulgação, ela só se torna reconhecida por nós quando somos atraídos e engajados pelas experiências de marca que ela proporciona ou ainda, que ela já proporcionou a outras pessoas.

Como criar a Proposta de Valor que o seu cliente vai adorar e engajar

NA PRÁTICA: Para te ajudar a entender melhor este processo, imagine que você queira emagrecer e está procurando sobre este assunto. Provavelmente o seu ciclo de decisão de compra será:

  • Reconhecendo o problema >> Pesquisar sobre formas e locais para resolver o seu problema tais como exercícios, dieta, academias, aulas, nutricionistas, etc [Google]
  • Determinando critérios >> Vai selecionar dentre as opções levantadas, quais soluções você poderia/quer realmente fazer e verificar a experiência de outras pessoas nestes contextos [Mídias sociais – sites, grupos, fóruns, etc]
  • Avaliando opções >> Para cada opção pré-selecionada, você vai pesquisar como eles ajudam a resolver a sua necessidade, se eles tem expertise para isso,
  • Escolhendo Soluções >> selecionar alguns e verificar como eles estão nas mídias sociais, em sites especializados, se tem alguma reclamação, [mídias sociais e conteúdos da marca na web]
  • Resolvendo o problema >> E FINALMENTE entrar em contato para contratá-los (ou não).

Veja que é possível fazer com o que seu cliente passe por TODAS as etapas do Ciclo de Decisão de Compra dentro do universo da sua marca.

Porém, cabe a você utilizar as ferramentas certas para tornar isso realidade.

As 4 etapas para se tornar uma marca reconhecida pelo seu segmento e pelo mercado

Além de contextualizar a experiência da sua marca pelas diversas fases do Ciclo de Compra e pontos de contato do seu cliente, é preciso entender e saber utilizar o seu favor as 4 etapas para Ser Referência de Mercado. Estas fases trabalham a evolução da marca dentro do mercado, especialmente do contexto do seu cliente ideal e influenciadores.

Ou seja, depois de compreender o contexto externo, de mercado, clientes  (especialmente o Cliente Ideal) e concorrentes, atuar criteriosamente em cada etapa do ciclo de compra, um negócio para ser reconhecido como Referência de Mercado precisa trabalhar o seu Branding focando em:

  1. Visibilidade = A arte de Atrair os clientes certos com as estratégias certas
  2. Engajamento / Relacionamento = Mostre a marca que o seu cliente quer ter. Continuamente.
  3. Conversão = Transformando relacionamento em resultados
  4. Fidelização = Como se tornar REFERÊNCIA de mercado

Todo este processo é baseado em metodologia de empresas de alta performance que aplicamos com nossos clientes aqui na Prosa Interativa. Não deixe de ler nossos outros textos para entender como fazemos isso na prática ou entre em contato conosco.